Cerco aos assaltantes de banco em Amaral Ferrador dura mais de 24 horas

Por Regional 24 Horas em 08/02/2024 às 14:16:11
Fotos: Brigada Militar

Fotos: Brigada Militar

A polícia segue com as buscas dos criminosos que assaltaram uma agĂȘncia bancĂĄria em Amaral Ferrador, no sul do estado, nesta quarta-feira, 7 de fevereiro. Segundo a Brigada Militar, os quatro criminosos estão cercados em uma ĂĄrea de mata em Encruzilhada do Sul, no Vale do Rio Pardo, após fugirem da agĂȘncia e trocarem tiros com a polícia.

Essa é a terceira vez que a mesma agĂȘncia é assaltada. Ataques semelhantes foram realizados por bandidos armados nos meses de maio de 2021 e 2022. Mas, segundo o Tenente-coronel CĂĄssio Conzatti, comandante do 2° Batalhão de Polícia Militar, os suspeitos identificados desta vez são conhecidos na região por cometerem outros tipos de delitos.

A Brigada Militar descobriu a ação criminosa após receber denúncias por telefone e colocou instantaneamente em prĂĄtica o plano de defesa da cidade. O grupo criminoso conseguiu sair da agĂȘncia bancĂĄria após fazer um cordão humano com reféns. Ao se deslocarem de carro, encontraram uma barreira policial e, após troca de tiros, abandonaram o veículo e entraram em uma mata, onde estão cercados pelos policiais hĂĄ mais de 24 horas.

"Agora, neste momento, nós temos um grupo de operações especiais fazendo a busca no interior da mata e um cercamento com viaturas no perímetro onde nós temos os últimos rastros deles", completou o Tenente-coronel.

Além dos policiais militares, o cerco também conta com o apoio de agentes da Polícia Civil, que seguem coletando provas para ajudar na investigação.

Fonte: RĂĄdio GuaĂ­ba

Comunicar erro
02

ComentĂĄrios

03