Barragens do Salto e Santa Lúcia têm risco de ruptura no RS

Por Regional 24 Horas em 14/05/2024 às 09:13:43

O Rio Grande do Sul permanece com duas barragens em nível de emergência, com risco iminente de ruptura, de acordo com informações atualizadas pela Defesa Civil gaúcha na tarde desta segunda-feira. De acordo com a escala adotada pela Defesa Civil, o nível de emergência é o mais grave e exige a tomada de providências para preservar vidas. As barragens nessa condição são: a Barragem Salto, em São Francisco de Paula, entre os municípios de São José do Herval e Putinga, e a barragem Santa Lúcia, em Putinga.


Nove barragens continuam em nível de atenção, sem comprometimento no curto prazo, mas exigem monitoramento: Barragem Divisa (Canela), Barragem do Blang (Canela), Canastra (Canela), Furnas do Segredo (Jaguari). Barragem do Saibro (Viamão), Barragem A - Assentamento PE Tupy (Taquari), Barragem Filhos de Sepé (Viamão), Barragem do Assentamento PE Belo Monte (Eldorado do Sul) e Barragem Lomba do Sabão (Porto Alegre).

A integridade das barragens é monitorada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e pela Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura do Rio Grande do Sul. O estado já chegou a ter ao menos cinco barragens em nível de emergência, mas o número recuou nos últimos dias.

O nível de diversos rios gaúchos tornou a subir em razão das chuvas intensas que voltaram a cair no fim de semana em diversos municípios, incluindo a capital, Porto Alegre. Nesta segunda-feira, as precipitações diminuíram, mas os cursos d"água continuam a receber volume significativo de água.

Fonte: Rádio Guaíba

Comunicar erro
02

Comentários

03