Ciclone na costa trará temperaturas menores e chuva ao RS, aponta MetSul

Por Regional 24 Horas em 25/06/2024 às 14:27:41

Um centro de baixa pressão vai trazer de volta a chuva, reforçará o frio e dará origem a um ciclone extratropical na costa (não no continente) entre hoje e amanhã, antecipa a MetSul Meteorologia. A mudança do tempo já começa hoje e será mais sentida a partir de amanhã no Sul do Brasil.

Por isso, conforme a previsão, na segunda metade do dia de hoje, nuvens tomam conta de grande parte do território gaúcho com o céu passando a nublado e encoberto em localidades que na manhã desta terça-feira tiveram abundante presença do sol, caso, por exemplo, de Porto Alegre. No final do dia, pode chover ou garoar à noite em diferentes pontos do Rio Grande do Sul. A precipitação, no entanto, será irregular e predominantemente fraca antes de se tornar mais generalizada e com maiores volumes no começo da quarta.

Entre a madrugada e a manhã desta quarta, a baixa pressão se aprofunda no Noroeste gaúcho e começa a migrar para Leste, em direção ao oceano, levado chuva para grande parte do Rio Grande do Sul e diversas regiões catarinenses. A chuva será fraca na maioria das cidades, mas, em alguns pontos, pode ser por vezes moderada a forte.

No decorrer da quarta, com o deslocamento da baixa pressão para o mar, onde se converte em um ciclone extratropical, a cobertura de nuvens diminui e o sol aparece com nuvens em meio a períodos de nublado em parte do Rio Grande do Sul, mas em setores do Leste e do Nordeste do estado ainda pode ter precipitação isolada e passageira.

    Pontos isolados de Santa Catarina ainda podem ter chuva. Na quinta, o ciclone estará sobre o Atlântico e se distanciando rapidamente, o que vai garantir um dia com a presença do sol e nuvens nos três estados do Sul do Brasil e com formação de nevoeiro e neblina em diferentes locais na madrugada e ao amanhecer. O sistema no Atlântico, impulsiona ar mais seco e frio para parte do Rio Grande do Sul com um amanhecer gelado.

    A atuação deste centro de baixa pressão vai dar origem a um ciclone na costa não deve trazer altos volumes de chuva na maioria das localidades do Sul do Brasil com os maiores acumulados indicados para pontos do Rio Grande do Sul e parte de Santa Catarina. Na maioria das localidades a chuva deve ficar entre 10 mm e 30 mm. Em pontos mais a Oeste do Rio Grande do Sul, é possível que sequer chova. Os mais altos volumes devem se dar no Nordeste gaúcho entre os Campos de Cima da Serra e o Litoral Norte.

    Fonte: Rádio Guaíba

    Comunicar erro
    02

    Comentários

    03
    Universitarias Club Goiania