MetSul alerta para continuidade de cenário crítico "por longo período" pelas enchentes no RS

Por Regional 24 Horas em 06/05/2024 às 15:50:54
Foto: Ricardo Giusti

Foto: Ricardo Giusti

A MetSul Meteorologia alertou nesta segunda-feira para a continuidade do cenário crítico provocado pelas enchentes no RS por um longo período. O aviso vale para Porto Alegre, região Metropolitana e outras cidades atingidas pelas cheias dos rios.

Conforme a MetSul, alguns pontos da Capital, da região Metropolitana e vales mais castigados pelas chuvas serão inabitáveis por semanas a meses pela destruição das moradias, da infraestrutura e o colapso dos serviços públicos essenciais, que terão que ser reconstruídos.

O nível do Guaíba, que hoje caiu para 5,26m, segue perto do pico de 5,30m. Apesar da diminuição, a cota alta da Lagoa dos Patos e o grande volume de água que irá descer complica o escoamento, mesmo com condições favoráveis de vento.

O cenário nos próximos dias se complica porque as condições meteorológicas, hoje excelentes, não vão seguir assim. Na quarta, as áreas atingidas pelas enchentes na Grande Porto Alegre e nos vales podem voltar a ter chuva, mas não será precipitação com volumes altos que venha a interferir no nível dos rios.

Na quinta, o ingresso de ar frio sem forte intensidade, além de trazer um refresco, vai ser responsável por causar vento do quadrante Sul no Norte da Lagoa dos Patos. O efeito será represamento do Guaíba que pode apresentar alta ou mesmo ter sua queda estancada ou reduzida por cerca de um dia.

"A maior preocupação está nos indicativos dos modelos numéricos de que entre os dias 10 e 15 de maio haveria um novo episódio de instabilidade com risco de chuva excessiva no Rio Grande do Sul. Sem os volumes do final de abril e do começo de maio, mas que podem atingir acumulados elevados. A chuva afetaria Porto Alegre e as cabeceiras dos rios que desembocam no Guaíba", relata a MetSul.

Comunicar erro
02

Comentários

03
Universitarias Club Goiania